Praticar o Desapego #1

Praticar o Desapego e Viver com Simplicidade

Praticar o Desapego pode ser difícil no inicio, mas depois vai-se sentir mais leve e mais Feliz.

Como já aqui foi falado anteriormente, temos a tendência para acumular bens que não necessitamos nem usamos. E isto não é uma critica a ninguém, é um facto.

Eu já vivi rodeada de coisas que nem usava nem precisava….Culpada! Mas quero confessar, que só consegui começar a ter uma vida mais simples e por consequência a poupar mais, quando consegui desapegar-me dos bens que não necessitava.

Todos os anos fazia uma limpeza nos armários. Mas havia sempre peças que por alguma razão, nunca saiam de lá e não eram usadas até ao ano seguinte.

Algumas porque tinham sido muito caras, mas já não me serviam. Outras porque tinha um apego sentimental.

Vou aqui deixar um exemplo, tinha um casaco de inverno de lã e caxemira que tinha sido muito caro na altura.

Naquela época ainda se comprava no comercio tradicional. Ainda não tinham chegado a Portugal as grandes cadeias de roupa. Numa época em que tínhamos muito menos, mas com mais qualidade. Nessa altura as modas não estavam sempre a mudar e não havia tentações por todo o lado.

Usei muito aquele casaco, anos seguidos, até que deixou de me servir e o guardei por 20 anos. Olhava para ele e parecia novo, devido à sua qualidade. Como eu poderia dar uma peça daquelas, estava como nova.

Mas se eu não usava, alguém poderia usar e usufruir daquele casaco por mais anos e afinal ele já tinha feito o seu trabalho comigo. Aquele casaco foi o ponto de viragem na minha mentalidade, a partir do momento em que o doei, e que me doeu como tudo, comecei o desapego.

O casaco foi o inicio, a seguir tudo foi muito mais fácil, ao todo doei 30 sacos de 30 litros só de roupa. Depois foram os sapatos, roupas de cama e banho e de seguida passei ao que era realmente lixo.

Viver com o essencial:

Neste momento tenho apenas 3 conjuntos de banho, 3 conjuntos de cama, um roupeiro de inverno, de meia estação e de verão.

Louça só tenho o que uso, acabaram-se os 3 serviços de louça, tenho 6 pratos de cada, canecas, copos, talheres com 12 peças cada e chega muito bem.

Outra vantagem de ter pouca louça e roupa é que está sempre lavada e arrumada.

Veja se não tem um “casaco” na sua vida que a impede de se desapegar do que não necessita.

Vender não conta, o verdadeiro desapego é doar a quem precisa. Eu também comecei por tentar vender, mas não resultou, até porque o que mais há é produtos a serem vendidos.

Mas antes de doar, não entregue peças estragadas, essas vão para o lixo ou reciclagem.

Próximo post falarei como passar à prática este processo.

Faça o desapego e Seja Feliz. Deixem os vossos comentários.

Advertisements

1 reply »

O seu comentário é importante

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.